was successfully added to your cart.

Carrinho

AnsiedadeArtigos de outras fontes

Do que pouco se fala – Sistema Imunitário

É certo que temos uma linha da frente que é a do combate ao aumento do número de infectados, tratar deles e evitar que outras pessoas tenham possibilidades de contacto com o vírus ficando assim em quarentena. Mas também existe uma linha muito mais importante. Aquela que está do lado de dentro, junto da maioria que está em casa e não infectada. E o que não se ouve falar muito é do mais importante que cada um e os seus podem fazer. Não debilitar e reforçar o sistema imunitário.

Não debilitar mantendo estilos de vida saudáveis, libertando-se do stress e ansiedade por todos os meios e estratégias a que se tenha acesso. Ideias não faltam pela internet e nas redes sociais. Fixar-se demasiado nas notícias a todo o momento é que não vai ajudar a baixar a ansiedade.

Falta de informação não é bom, excesso dela também não é.

10 Dicas para Reforçar o Sistema imunitário

1 – Mantenha o cérebro e o corpo hidratado

Manter-se adequadamente hidratado é fundamental para combater os vírus. A água oxigena o cérebro e o corpo para que funcionem em níveis ideais. Quando as células estão operando em plena capacidade, elas são mais capazes de desempenhar as suas funções primárias. E quando o cérebro está bem hidratado, ele ajuda a lidar com o stress de maneira mais eficaz e permite que se tome melhores decisões para ajudar a minimizar a exposição a doenças. Para uma hidratação adequada nesta altura beba dois litros de água diariamente. Se conseguir mais melhor mas não muito abaixo deste valor. Adicionalmente, se essa água for alcalina e tiver um bom nível de Ph (acima dos 7,5) então melhor ainda.

2 – Parar ou limitar o álcool

O consumo excessivo interrompe as vias imunológicas e, de acordo com um estudo de 2015 sobre álcool e sistema imunológico, aumenta a suscetibilidade à pneumonia e outras doenças. O abuso crónico de álcool também reduz o número de células T que combatem vírus no corpo, o que diminui a capacidade de manter as doenças afastadas. E um estudo na revista Alcohol descobriu que um único episódio de compulsão alimentar atrapalha significativamente o sistema imunológico

3 – Faça do sono uma prioridade

As mães estavam certas quando nos disseram para termos um descanso de qualidade para evitarmos ficar doentes. Um estudo de 2015 da revista Sleep descobriu que, em comparação com pessoas que dormem mais de 7 horas por noite, aquelas que ficam com apenas 6 horas ou menos de olhos fechados têm 4 vezes mais chances de apanhar uma constipação depois de serem expostas ao vírus. Outra pesquisa mostra que a privação crónica do sono suprime o sistema imunológico. Procure ajuda para distúrbios do sono, aponte de 7 a 8 horas por noite e siga uma rotina noturna que incentive o relaxamento e o sono repousante.

4 – Proteja o seu corpo com probióticos

Um estudo de 2014 mostra que os probióticos apoiam a saúde intestinal e estimulam o sistema imunológico, o que pode ajudá-lo a combater vírus. Inclua alimentos fermentados como chucrute, kefir ou kimchi em sua dieta diária para obter suporte adicional à imunidade.

5 – Coma com base no Arco-Íris

Aumente a ingestão de frutas e legumes coloridos. Esses alimentos ricos em antioxidantes têm propriedades antivirais que atuam como um exército contra invasores estrangeiros, como vírus e bactérias.

6 – Coma cogumelos

Verificou-se que os compostos únicos e diversos destes fungos, não encontrados em outras plantas, têm efeitos que melhoram o sistema imunológico. Coma e cozinhe com cogumelos e considere tomá-los como suplementos. Entre os cogumelos terapêuticos mais pesquisados ​​estão juba, shiitake, reishi e “cordyceps” de leão.

7 – Utilize alho

Consumir alho pode aumentar o número de células T – os combatentes de vírus naturais do corpo – na corrente sanguínea. Os resultados de um estudo de 2012 em Nutrição Clínica mostram que tomar extrato de alho envelhecido minimiza os sintomas de gripes e constipações e reduz a duração de doenças virais.

8 – Aumentar os níveis de Vitamina D

Frequentemente chamada de “vitamina do sol”, a vitamina D é na verdade uma hormona que deve ser chamada de “vitamina da imunidade”, graças aos seus efeitos positivos no sistema imunológico. Um relatório de 2009 analisou os níveis de vitamina D em adultos americanos e constatou que mais de 75% apresentavam baixos níveis dessa importante vitamina. Verifique seus níveis e otimize-os, se necessário.

9 – Reforçar com Zinco

Este potente nutriente suporta o sistema imunológico e ajuda o corpo a se defender de vírus e bactérias invasores. Abasteça-se de alimentos ricos em zinco, como carne bovina, ostras, cordeiro, aspargos, espinafre e sementes de abóbora e considere tomar suplementos de zinco.

10 – Movimente-se

Fazer exercícios moderados regularmente tem sido cientificamente comprovado que melhoram o sistema imunológico e reduzem o risco de doença. Parece que mesmo um único treino pode impulsionar o sistema imunológico. Excessos com exercícios muito intensos, no entanto, pode ter um efeito negativo na sua capacidade de combater vírus. Uma abordagem saudável é andar rápido – como se você estivesse atrasado para um compromisso – por pelo menos 30 minutos por dia.

Fonte Amen Clinics USA

Acrescentaria aqui a suplementação com Vitamina C em doses mais elevadas do que o habitual. A recomendação de Gregg Braden para esta fase indica 2 a 3000mg diárias distribuídas em mais do que uma toma ao longo do dia.

Ricardo Laranjeira

Second-Life & Wellness Coach

Subscreva a nossa Newsletter

Periodicamente enviamos a nossa Newsletter com alguns dos conteúdos abaixo indicados:

  • Artigos inspiradores
  • Vídeos motivacionais
  • Dicas sobre como melhorar a Comunicação e Storytelling
  • Como atingir Metas e Prosperidade
  • Informação dos próximos cursos e workshops
  • ... e muito mais
Fechar janela

O seu email ficará seguro e será utilizado apenas e exclusivamente para este fim.