was successfully added to your cart.

Carrinho

Comunicação

Como comunicar melhor no ambiente empresarial

Chegamos em 2019 e este é um tema que continua recorrente. Congressos falando em revolução digital, em modelos sustentáveis, em algoritmos para resolução de problemas e as empresas ainda sofrem em função de problemas relativos à comunicação (ou pela falta dela).

Infelizmente, não podemos falar em ambiente de inovação sem falar em comunicação e isto não tem nada a ver com tecnologia e sim com relação humana, colaboração e competências de grupos.

Os problemas da falta de comunicação são vários: suprime inovação, aumenta turnover e reclamações, abala a confiança, impacta diretamente na eficiência e no resultado.

Não adianta colocar vídeo game, puffs coloridos, quebrar paredes, se a comunicação continua hierarquizada e presa a processos internos.

Um estagiário recém efetivado deve ter a mesma voz que um diretor (atenção: falei “voz” e não decisão). Empresas preparadas para mudanças têm premissas em relação a este ativo tão valioso: criar ambientes propícios para que a comunicação flua sem “regras”, nem certezas e formas.

Richard Branson: bilionário e fundador do grupo Virgin em vez de brigar com o rapaz ou repreender a atitude, ele resolveu tirar uma foto ao lado do dorminhoco antes de acordá-lo. “ele estava em seu tempo de folga e precisava descansar“

Um líder focado em comunicação e softskills já percebeu a importância deste fenómeno. Principalmente neste momento histórico em que temos vários perfis comportamentais e gerações em baixo do mesmo teto. Comunicação rápida, adequada ao meio, que valorize a resposta na resolução de problemas e contato com o mercado é um dos diferenciais competitivos mais procurados nas formações em todo o mundo.

Lembra que falei da relação entre inovação e comunicação? Então, o próprio brainstorm, principal ferramenta utilizada para a inovação no mundo pode ser um tiro no pé se não houver uma boa comunicação para assegurar o objetivo da metodologia.

Em suma: se pessoas com níveis hierárquicos superiores não colocarem o superego no armário, não darão voz a todos que participam. Pesquisas recentes feitas em Berkeley mostram que num Brainstorming mal conduzido os grupos podem chegar a um acordo rápido, normalmente em torno de uma ideia medíocre. Isto significa perder tempo e dinheiro.

Estes fatores reforçam a razão pela qual a comunicação interna/corporativa continua em evidência. Não me surpreende se em pouco tempo a comunicação ganhar o status de propósito, por ser tão vital para criação da cultura e sua relação direta com o ambiente.

Augusto Uchoa

Palestrante, Formador e Coach em Comunicação

 

Facilitador da Certificação em Comunicação Criativa – Ver AQUI

Subscreva a nossa Newsletter

Periodicamente enviamos a nossa Newsletter com alguns dos conteúdos abaixo indicados:

  • Artigos inspiradores
  • Vídeos motivacionais
  • Dicas sobre como melhorar a Comunicação e Storytelling
  • Como atingir Metas e Prosperidade
  • Informação dos próximos cursos e workshops
  • ... e muito mais
Fechar janela

O seu email ficará seguro e será utilizado apenas e exclusivamente para este fim.